Como escolher uma pipoqueira elétrica 


Por   Fabiane Del Nero

Publicação: 22/03/2021

 

Pipoqueira elétrica: vai ser um estouro

Em meio a tantas opções de pipoqueiras no mercado, a maior parte dos consumidores têm muitas dúvidas sobre qual delas escolher para sua casa.

Assim, para quem gosta da ideia de ter uma máquina para fazer um alimento saudável e que é um lanche rápida a pipoqueira é um eletrodoméstico essencial, e mais importante ainda é comprar um produto de qualidade.

Justamente pensando nisso foi nós, do Seletos, fizemos uma análise tão criteriosa das diversas marcas e modelos das pipoqueiras, levando em consideração diversos fatores para mostrar quais são as mais indicadas do mercado.

Por exemplo, uma pipoqueira que tenha um bocal direcionador é imprescindível, já que ela cai diretamente em um recipiente já pronta para comer.

Aquelas que possuem pés antiaderentes e porta fios também são excelentes tanto para quem quer maior segurança na hora de utilizar, como também maior praticidade no momento de guardar o aparelho.

A seguir, trazemos uma lista com os aspectos técnicos mais importantes que servem para definir a escolha da melhor pipoqueira do mercado para sua casa.

5 aspectos importantes para escolher uma pipoqueira elétrica

1. RECIPIENTE PARA A MANTEIGA

Começamos aqui por um aspecto que é muito mais um adicional do que qualquer outra coisa, mas que é muito interessante.

Por mais que você deseje fazer sua pipoca sem utilizar qualquer tipo de óleo, deixando-a mais saudável, não há quem dispense um pouco de manteiga derretida por cima.

Atualmente, muitas pipoqueiras que você encontra no mercado já possuem um espaço dedicado para colocar a manteiga, que vai derretendo enquanto a pipoca é preparada.

Em muitos casos, como os mostrados aqui no texto, o recipiente para derreter a pipoca já é a própria tampa medidora de milho, o que torna ela é multiuso.

2. QUANTIDADE DE MILHO SUPORTADO

Cada modelo de pipoqueira possui um recipiente de determinado tamanho, que suporta uma quantidade de milho e de pipoca estourada. O medidor da pipoqueira serve, justamente, para que você saiba a quantidade de milho a utilizar, evitando assim vir colocar muito milho e fazer pipoca acima do suportado pela máquina.

Nas pipoqueiras mostradas aqui no texto, a maior parte delas possui medidor de até 100 gramas de milho, enquanto há uma outra que suporta apenas 60 gramas de milho. Em geral, quanto maior for o recipiente e maior quantidade de milho (e de pipoca) a máquina suportar, mais caro é o produto.

Assim, você deve levar em consideração a quantidade de pipoca que geralmente prepara, para evitar comprar máquinas muito grandes sem necessidade ou muito pequenas que faça com que seja preciso utilizá-la duas ou três vezes seguidas. 

3. TEMPO DE PREPARO

Quem resolve comprar uma pipoqueira tem em mente a redução do uso de produtos gordurosos, tais como óleo ou manteiga para estourar as pipocas. Além disso, quer que o processo seja feito com a maior velocidade possível, para que possa prontamente comer a pipoca.

Como se sabe, preparar a pipoca em panela, além da sujeira que ocasiona, ainda leva um tempo superior para ter o alimento pronto. Portanto, quando você compra uma pipoqueira, tem o objetivo de conseguir fazer muita pipoca em um tempo bem menor.

Não adianta, entretanto, ter uma máquina que comporta bastante milho e faz muita pipoca se o tempo de demora para o processo de estouro é extremamente longo. Assim, é preciso ficar de olho, já que muitos fabricantes já indicam, no manual de instruções (descrição do produto) ou na própria caixa qual é o tempo estimado para o preparo da pipoca.

Com isso, hoje tendo a facilidade da internet, você pode ter essa informação em mãos rapidamente, o que irá impactar diretamente na decisão tomada.

Fique ciente que também é importante conhecer sobre os ciclos da máquina, já que cada uma delas, ao final do processo de produção de pipoca, precisa descansar até que seja utilizada novamente. Isso permite que você use a máquina repetidamente e acabe, assim, por ter problemas sérios em termos de defeitos pelo mau uso.

4. FACILIDADE DE LIMPEZA

Em máquinas para preparo de comida, um grande motivo que faz as pessoas deixarem de adquirir um determinado modelo é a dificuldade para realizar a limpeza.

Afinal, no momento em que você termina a pipoca, não quer perder muito tempo tendo que limpar a pipoqueira. Por isso, a facilidade de limpeza é um dos critérios na hora da escolha de uma pipoqueira, já que um dos maiores arrependimentos dos consumidores é comprar um produto difícil de limpar.

5. SEGURANÇA

Por último, a segurança é um quesito muito importante a ser levado em consideração no momento da compra da sua pipoqueira. Pense que esse tipo de aparelho costuma atrair muito as crianças, portanto, é preciso garantir que ele será o mais seguro possível.

Verifique, por exemplo, se a superfície da máquina não esquenta à medida que ela é utilizada, pois isso pode causar queimaduras em alguém que encoste nela.
Garanta também que o equipamento tem pés antiaderentes, evitando assim que ela caia durante a utilização.

Guia Seletos: faça a escolha certa para você

Você ainda está na dúvida e não sabe qual modelo escolher?

Para ajudar você, nós fizemos uma lista com os melhores modelos do mercado.

Confira o Guia das melhores pipoqueiras elétricas

Perguntas frequentes

Em termos de pipoqueiras, as pessoas sempre possuem muitas dúvidas sobre diversos temas, desde como elas funcionam até a quantidade de pipoca que preparam por vez e o tempo necessário.

A seguir você verá algumas perguntas e respostas comuns a respeito delas!

Quantos ciclos a pipoqueira faz sem que seja preciso ela esfriar?

Uma dúvida comum diz respeito ao tempo de espera entre ciclos, principalmente quando a pipoqueira faz pouca pipoca por vez. Assim, é comum que quando as pessoas querem fazer muita pipoca, utilizem repetidamente a máquina, entretanto, nem sempre isso é adequado.

Há algumas pipoqueiras que permitem, por exemplo, que você faça até 5 ciclos repetidos antes de precisar que ela esfria. Outras, por outro lado, precisam esfriar após apenas um ciclo, portanto, é preciso ficar atento a esses fatores. É por isso que você deve pesquisar antes as especificações de cada modelo para saber aquele que mais adequa-se às suas necessidades.

A pipoqueira desliga automaticamente após o estouro da pipoca?

Há diversas pipoqueiras no mercado que após o término do estouro do milho colocado, passados alguns segundos, desligam sozinhas de forma automática.

Entretanto, há aquelas em que você precisará desligar manualmente após ter finalizado o ciclo de estouro de pipoca.

De qualquer forma, elas possuem sempre um botão de liga e desliga para permitir que você possa ter, se desejar, esse controle maior.

Em pipoqueiras elétricas não é preciso utilizar óleo, manteiga ou margarina?

Se existir alguma pipoqueira que exija o uso desse tipo de gordura para estourar a pipoca, então ela foge do padrão das pipoqueiras elétricas. O objetivo delas já é proporcionar, além de uma maior facilidade e rapidez para fazer pipoca, permitir que ela seja mais saudável, ou seja, que não tenha o excesso de gordura pelo uso de óleo ou margarina.

Todas as opções exibidas aqui, por exemplo, não exigem que você utilize nada para fazer a pipoca, apenas colocar o milho no medidor e esperar o tempo necessário para ela ficar pronta.

A questão é que a maior parte dos medidores de milho servem também como uma forma de derreter manteiga, colocando-a na pipoca à medida que ela vai estourando. Se você gosta de manteiga com pipoca, então essa é uma opção para dar sabor a ela.

É possível fazer pipoca de chocolate? 

De forma geral, as pipoqueiras elétricas não são próprias para produzir pipoca que não seja a normal, colocando sal posteriormente ou manteiga enquanto ela estoura através do medidor de milho.

Tentar fazer pipoca doce de chocolate, por exemplo, pode estragar a sua máquina, portanto, não é aconselhável fazer esse tipo de experimento.

O que achou desse artigo?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar esta postagem.

Fabiane Del Nero

Fabi, uma das fundadoras do projeto Seletos, é apaixonada por tecnologia, novidade, criatividade e inovação. E encara esse desafio a 100%. Dona de uma opinião direta e sincera, agrega valor e conteúdo de qualidade ao projeto Seletos.

Você tem alguma dúvida? Sugestão? 

Deixe seu comentário para nossa equipe.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>