Como escolher um termogênico 


Por   Fabiane Del Nero

Publicação: 23/03/2021

 

Como escolher um termogênico bom?

Sabe-se que os termogênicos são responsáveis por garantir uma série de efeitos positivos para o organismo. Eles são muito indicados principalmente para quem deseja diminuir a gordura corporal e perder peso, mas também dão mais energia e vitalidade para o dia a dia.

Se você está em busca de perder peso e potencializar os efeitos das atividades físicas, então o termogênico pode ser uma excelente escolha. Esse suplemento tem uma ação bastante eficiente na perda de gordura e ainda pode trazer diversos outros benefícios como aumento da energia, ação antioxidante, diminuição do apetite e muito mais.

No entanto, quem não é da área da saúde ou entende pouco sobre suplementos costuma ficar confuso no momento de escolher um desses.

Isso porque há muitas opções disponíveis e, por mais que a maioria prometa resultados bastante parecidos, há diferenças em sua fórmula.

Por isso, agora chegou o momento de te ajudarmos a escolher o melhor termogênico para o seu corpo.

A seguir, mostramos tudo o que deve ser analisado nesse produto para fazer a compra mais acertada, confira. 

8 pontos que não podem escapar na hora de escolher um termogênico

1. Fórmula

Quando se fala em termogênico um dos principais pontos de atenção é a respeito da sua fórmula, que pode ser boa ou ruim para o organismo.

No geral esse suplemento é feito a base de cafeína, mas pode ter em sua composição outros ingredientes que possuem ação termogênica como gengibre, pimenta e guaraná. Nele é possível encontrar também vitamina B, Psyllium, zinco e outros compostos.

Todos esses componentes são muito positivos e apresentam uma ação bastante benéfica, porém nem todos podem consumi-los.

Quem é hipertenso deve evitar os termogênicos a base de cafeína e nesses casos o melhor é investir nas opções feitas com guaraná ou pimenta que atuam de maneira parecida e não irão aumentar ainda mais a pressão arterial.

Além disso, se você possui algum tipo de alergia aos ingredientes da fórmula também deve evitar o consumo desse suplemento.

2. Ingredientes proibidos ou em quantidades incorretas

Para fornecer uma ação mais potente alguns termogênicos são produzidos com doses muito altas de cafeína ou apresentam componentes proibidos em sua composição.

Os que têm cafeína em quantidades exageradas podem trazer uma série de efeitos colaterais para o organismo como insônia, hiperatividade e aumento dos batimentos cardíacos.

Já as opções que contam com erva efedra ou erva de laranja-azeda liberam efedrina e sinefrina, que são duas substâncias proibidas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) porque podem causar graves efeitos colaterais no sistema circulatório.

3. Benefícios prometidos

Basicamente todos os termogênicos têm como função promover uma maior queima de gorduras. No entanto, algumas opções possuem uma fórmula um pouco mais completa que garantem mais benefícios além desse principal.

Dessa forma, é possível encontrar suplementos que têm efeitos diuréticos, outros podem melhorar o funcionamento dos intestinos, dar mais disposição e assim por diante.

Então, avalie se o que a opção disponível oferece é interessante para o que você busca com esse produto. 

4. Apresentação

O termogênico pode ser encontrado para comprar em dois formatos: em pó ou em cápsulas.

As opções em pó são uma excelente escolha para quem apresenta algum tipo de dificuldade de deglutição e para serem ingeridas devem ser misturadas em shakes ou outras bebidas. O ponto negativo é que não são muito fáceis de levar para todos os lugares.

Por outro lado, os termogênicos em cápsulas ganham muitos pontos no quesito praticidade, pois podem ser levados para qualquer lugar e tomados a qualquer momento sem dificuldades. Inclusive, esses são os mais comuns, porém às vezes é necessário tomar mais de uma cápsula ao dia.

5. Sabor

Caso você opte por adquirir um termogênico em pó fique atento para o sabor que ele possui. É possível escolher entre o natural, morango, chocolate, café e muito mais.

O natural é o que apresenta um sabor mais neutro e é a melhor escolha caso seja misturado com bebidas já saborizadas como sucos, por exemplo. Mas se a mistura for com água vale a pena investir em um que tenha um gosto mais agradável e nesse caso opte pelo sabor que você está mais acostumado.

6. Dosagem

A dose desse suplemento varia de fabricante para fabricante, por isso, não há uma única indicação a respeito da quantidade de termogênico que deve ser tomada.

Alguns recomendam uma cápsula por dia, outros duas e há opções que podem chegar a até quatro cápsulas. Por isso, antes de adquirir qualquer um desses avalie se a dose recomendada se adapta ao que você prefere e considera melhor para o seu dia a dia.

Em caso de dúvida fale com seu médico, nutricionista ou personal trainer.

Guia Seletos: faça a escolha certa para você

Você ainda está na dúvida e não sabe qual modelo escolher?

Para ajudar você, nós fizemos uma lista com os melhores modelos do mercado.

Confira o Guia dos melhores termogênicos

Perguntas frequente

Está interessado em comprar um termogênico, mas ainda tem dúvidas sobre esse suplemento? Não se preocupe, pois agora chegou o momento de respondermos as perguntas mais comuns a respeito desse produto.

O que é o termogênico?

De acordo com a Abenutri (Associação Brasileira de Empresas de Produtos Nutricionais), o termogênico é o terceiro suplemento mais utilizado pelos praticantes de atividades físicas no Brasil, ficando atrás apenas do whey protein e dos aminoácidos como BCAA e creatina.

Esse é um suplemento alimentar produzido a partir de substâncias que aceleram o metabolismo, elevam a temperatura corporal e aumentam o consumo calórico basal.

É bastante comum que ele seja feito a partir da cafeína, mas é possível também encontrar opções que têm como base outros estimulantes como o guaraná e o gengibre. 

Para que serve um termogênico?

Na composição dos termogênicos é encontrada a cafeína, que estimula o sistema nervoso central. Ela faz com que o metabolismo seja acelerado, o que eleva a termogênese e promove a produção de energia através da queima de gordura.

Dessa forma, o organismo passa a usar a gordura no lugar do glicogênio e a queima de forma bem intensa, por isso, ele é chamado de queimador de gorduras.

Além disso, esse suplemento interfere no balanceamento de calorias, dá mais energia para os treinos, evita a fadiga e aumenta o estado de alerta. 

Qual a diferença entre termogênico e pré-treino?

Não é difícil de ver as pessoas confundindo os termogênicos com o pré-treino e para não tomar nenhum desses dois suplementos de maneira errada é preciso entender a diferença entre eles.

Como te explicamos mais acima, o termogênico serve principalmente para acelerar o metabolismo e estimular a queima de gordura.

Já o pré-treino tem como função atuar como um reforço energético para os exercícios e auxilia no processo de conquistar uma melhor definição muscular. Com isso, ele promove uma maior resistência e força.

Como tomar termogênico?

O termogênico é o suplemento ideal para ser tomado antes das atividades físicas e alguns especialistas recomendam que isso seja feito 30 minutos antes do treino e não indicam o seu uso pouco tempo antes de dormir para evitar insônia.

No entanto, é fundamental sempre consultar um médico ou nutricionista antes de começar a fazer uso desse produto. Somente esses profissionais são capazes de verificar qual é a sua real necessidade e quando e como o termogênico pode ser tomado.

Outro ponto de atenção é que jamais deve-se ultrapassar a dose diária recomendada pelo fabricante, pois o excesso desse suplemento pode ser prejudicial à saúde. 

Quem pode usar o termogênico?

O termogênico é indicado principalmente para pessoas que apresentam dificuldades em perder peso e que possuem um metabolismo mais lento. Mas somente ele não irá trazer resultados 100% satisfatórios e o mais indicado é sempre associar o seu uso com a prática de atividades físicas e uma alimentação balanceada.

Mas existem algumas restrições sobre o consumo desse suplemento e ele é contraindicado para grávidas, lactantes e pessoas que possuem problemas de ansiedade, depressão, gastrite, diabetes, úlceras e distúrbios cardiovasculares e de sono. 

O termogênico pode causar efeitos colaterais?

Assim como acontece com qualquer outro tipo de suplemento, caso seja utilizado da maneira errada o termogênico pode apresentar efeitos colaterais e é capaz até mesmo de gerar prejuízos para a saúde.

Por estimular o sistema nervoso central é possível que ele leve a alterações de humor, deixe a boca seca, cause tremores, insônia, dor de cabeça, náusea, arritmia cardíaca e AVC.

Porém, normalmente esses efeitos somente acontecem quando é feito um consumo exagerado desse suplemento ou quando na sua composição há ingredientes em excesso ou proibidos.

Por conta disso, é fundamental reforçar que o uso dos termogênicos somente deve ser realizado com um acompanhamento médico, principalmente se você apresenta algum dos problemas que citamos acima. 

Quando o termogênico começa a fazer efeito?

Logo que o termogênico é ingerido ele já começa a agir no organismo, mas seus resultados normalmente passam a ser mais visíveis após cerca de 30 dias de uso.

Além disso, como dissemos, somente esse suplemento não será capaz de gerar alterações totalmente avançadas na sua aparência e no seu organismo. Na realidade ele deve ser usado como um aliado para as atividades físicas, inclusive é por isso que a recomendação é que seja tomado antes do treino.

O que achou desse artigo?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar esta postagem.

Fabiane Del Nero

Fabi, uma das fundadoras do projeto Seletos, é apaixonada por tecnologia, novidade, criatividade e inovação. E encara esse desafio a 100%. Dona de uma opinião direta e sincera, agrega valor e conteúdo de qualidade ao projeto Seletos.

Você tem alguma dúvida? Sugestão? 

Deixe seu comentário para nossa equipe.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>