Como escolher uma antena digital interna


Por Steven Cohen

Atualizado em

 

Para garantir uma boa qualidade de transmissão e definição de imagem e som, uma boa antena digital interna é necessária, sobretudo em locais onde o sinal ou cabo não chegam.

Dessa forma, é importante escolher sempre bons modelos, pois esse produto é indispensável para garantir a qualidade da imagem e do som das emissoras de TV aberta de alta resolução.

Justamente pensando nisso, fizemos uma análise bem criteriosa das antenas digitais disponíveis, levando em consideração diversos fatores, para mostrar quais são as mais indicadas no mercado.

5 aspectos principais para escolher sua antena digital interna

1. TAMANHO

O tamanho é, com certeza, um dos critérios que conta muito na hora de escolher a sua antena digital interna, afinal, ele está diretamente relacionado com a frequência máxima do produto.

Quanto menor for a frequência, menor será a antena e vice-versa, pois uma frequência mais alta significa um comprimento de onda menor e também uma antena pequena.

Definir a frequência, portanto, está relacionado com a melhor escolha da antena, de modo que ela possa adequar-se às suas necessidades.

2. GANHO: INTENSIDADE DE ENVIO E RECEBIMENTO DE SINAIS

Em termos de antena interna, um aspecto essencial é a intensidade com que uma antena recebe e envia os sinais.

As antenas direcionais são aquelas que têm uma captação de sinal de maior intensidade, enquanto que as antenas do tipo omnidirecionais tendem a perder a intensidade ao dispersarem-se.

Assim, a escolha dependerá de qual é a sua localização e a sua necessidade, pois irá permitir que sua antena tenha a maior eficiência possível.

Portanto, quanto maior for o ganho - expresso em decibéis (dB) -,  maior será a intensidade da sua antena.

3. POTÊNCIA

No momento de escolher uma antena digital, é essencial que você esteja atento à potência dela, ou seja, se ela consegue captar o maior número de canais em diferentes frequências.

Os modelos 4 em 1 são os melhores do mercado, pois permitem a captação de canais em: VHF, UHF, HDTV e FM.

Usando esse tipo de antena, irá permitir que você tenha mais canais captados e transmitidos na sua televisão, sejam eles digitais ou analógicos.

4. INSTALAÇÃO

Em termos de critérios, para escolher a antena digital interna, a instalação também é importante, pois geralmente é fácil de se instalar e rapidamente se consegue usá-la.

Em termos de materiais e fixação, porém, há diversos tipos de instalação uns com modelos com imã embaixo, que ajudam na fixação de estruturas metálicas, e outros que podem ser fixados na parede.

O fato é que, quanto mais fácil e mais segura for a instalação - que garante a fixação da antena -, melhor será a recepção que ela terá.

5. IMPEDÂNCIA

Os dispositivos eletrônicos que são conectados a outros apresentam uma resistência, pois impedem a passagem da corrente elétrica, podendo ocorrer problemas.

A impedância de um dispositivo eletrônico é justamente a capacidade de um circuito de resistir ao fluxo normal das correntes elétricas.

Uma antena interna possui, em geral, uma impedância no valor de 50 ohms, valor este estipulado por meio de um acordo entre os fabricantes.

Entretanto, algumas antenas podem vir a possui um valor de impedância diferente entre o circuito e a antena, o que pode acarretar sérios problemas em termos de reflexão de sinal.

Portanto, você deve ficar atento a esse critério no momento de escolher a sua antena digital interna.

Perguntas frequentes

As antenas internas digitais possuem um alcance grande?

Como elas são utilizadas de maneira interna, ou seja, dentro da residência, normalmente o alcance delas, em termos de distância para a televisão ou conversor, dependerá bastante do tamanho do cabo.

Há algumas antenas com cabo de 5 a 8 metros, o que permite que elas sejam utilizadas distantes da TV, em um local em que o sinal seja melhor captado.

As antenas podem pegar sol e chuva?

Em geral, as antenas que podem ficar do lado de fora possuem um tipo de material que é resistente tanto aos raios solares como na água, fazendo com que elas possam ser usadas sem problema.

As antenas internas, como são criadas para serem utilizadas dentro de casa, normalmente não possuem essa proteção extra.

O que é uma antena omnidirecional?

Uma antena omnidirecional significa que ela recebe e transmite sinal de todas as direções ao seu redor. Ela é excelente para locais em que há muitas barreiras, como as paredes e os móveis, ou locais muito grandes.

E se a minha TV não tiver sinal digital, o que fazer?

Se a sua televisão não tiver sinal digital, o que você deve fazer é, além de comprar a antena interna, adquirir também um conversor digital.

Em alguns casos, é possível fazer a compra da TV digital juntamente com o conversor, contribuindo na redução dos custos, se comparada à compra individual.

Se seu televisor já possui o sinal digital, então basta apenas comprar a antena digital interna, para ter o benefício da definição e qualidade na imagem e som da TV.

O que é uma antena interna digital 4 em 1?

A antena digital 4 em 1 é aquela que capta sinais de diferentes frequências, como VHF, UHF, FM e HDTV digital.

Para isso, entretanto, o sinal deve ser forte na sua região, caso sua antena não tenha uma frequência de captação tão boa.

É possível utilizar a antena interna digital em mais de uma TV?

Não, a antena que você comprar só pode ser utilizada em um único aparelho. Isso significa que, para cada TV diferente, deve-se adquirir uma nova antena para captar os canais.

Steven Cohen

Steven Cohen é francês especializado em tecnologias e novidades digitais. Morando no Brasil, se especializou no mercados digitais, SEO e Blog, e é um dos idealizadores do projeto Seletos. Ótimo perfil analista e critico, traz todo seu conhecimento para Seletos.

Você tem alguma dúvida? Sugestão? 

Deixe seu comentário para nossa equipe.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>
error: Alert:O conteúdo está protegido !!